terça-feira, 4 de junho de 2013

Quem Sou Eu?

Fuga para alguns, coragem para outros;
Sou o tambor que ecoa nos terreiros, trazendo o som das selvas e senzalas;
O cântico que chama ao convívio com seres de outros planos;
A senzala do preto-velho, a cerimônia do Pajé, a encruzilhada do Exu, o jardim da Ibejada, o nirvana do Hindu, o céu dos Orixás;
O cachimbo dos pretos velhos, o charuto dos caboclos, o cigarro da pomba gira, o doce dos ibeijis.

Sou o fluido que se desprende das mãos dos médiuns levando saúde e paz;
Sou o templo dos sinceros;
Determinada e forte. E a minha força, esta no homem que sofre e que clama por piedade, por amor, por caridade;
Minha força esta nas entidades que me utilizam para seu aprimoramento;
Está na água, na terra, no fogo e no ar... na pemba, na pólvora, no ponto riscado;
Está na tua fé, que é o elemento mais importante de minha alquimia. A minha força esta em ti, em seu interior, onde liga-te ao criador.

Quem sou eu???

Sou humilde mas cresço quando combatida!
Sou a prece, sou a magia, sou a cultura;
Sou a cura.

Sou de ti, sou de Deus.

EU SOU A UMBANDA!!!


Enviada ao nosso Blog pela amiga Talita Sousa.

5 comentários:

Pri disse...

Lindo, salve a Umbanda!

Talita Sousa disse...

"Salve a Umbanda!
Salve a Umbanda!
Salve a linha de Nagô!
Saravá meu pai Xangô!
Salve os guias protetores!
Salve, salve a nossa Umbanda!
Salve a nossa união!"

Aninha S. disse...

Que lindo!!! Salve nossa linda Umbanda.

Anônimo disse...

Adorei. Parabéns. Me identifiquei muito com esse texto.

Anônimo disse...

Saravá a linda Umbanda. Amo essa religião. Lindo demais

Postar um comentário

 
;