segunda-feira, 1 de outubro de 2018

Reconhecendo o que são Eguns, Kiumbas e Zombeteiros


    Resultado de imagem para espirítos obsessores

    Muito se fala nos terreiros de Umbanda sobre três personagens bem temidos por todos frequentadores da religião, e esses personagens são conhecidos por Eguns, Kiumbas e Zombeteiros.

    Mas o que são esses seres?

    Qual a diferença de um pelo outro?

    Que males esses espíritos podem fazer a nós, seres encarnados?

    Para nosso entendimento inicial, devemos saber que tanto os Eguns, quanto os Kiumbas, ou mesmo os Zombeteiros são espíritos que já desencarnaram. Isso mesmo, todos são exatamente a mesma coisa nesse ponto de vista, e a diferença entre um e outro é a evolução de cada um deles.

    Cada qual tem seu objetivo próprio, fazendo assim que, com ou sem intenção, atrapalhar a caminhada evolutiva de um encarnado.

    Vamos iniciar falando dos Eguns

    Como sabemos os Eguns são desencarnados, porém esses desencarnados normalmente tiveram uma vida encarnada sem a evolução necessária para terem o entendimento, que devem deixar o plano físico. São apegada a matéria, a vícios terrenos, a entes familiares, e não compreendem muitas vezes o próprio desencarne.

    Esses seres chamados de Eguns ficam perambulando pela vida terrena, tentando ser notados pelos desencarnados, tentando sanar suas dores que acreditam ser carnais, tentando suprir seus vícios.

    Algumas pessoas envolvidas com a espiritualidade pregam e tentam demonstrar que as Entidades de Luz trabalhadoras da Umbanda levam o nome de Eguns, porém isso é totalmente errôneo, pois sabemos que essas Entidades também foram seres encarnados, mas chegaram a um patamar tão grandioso de evolução que se tornaram mensageiros de Deus, ou Anjos trabalhadores em prol da caridade, do amor, da paz e da abertura de caminhos, diferentes dos Eguns, que só fazem prejudicar os encarnados.

    Então para entendimento, as Entidades de Luz nada tem a ver com os Eguns.

    Por muitas vezes alguma Entidade de Luz diz a um consulente que ele pode estar com um encosto de algum Egum, e será necessário fazer algum tipo de trabalho para esclarecer e afastar esse Egum, e certamente isso pode acontecer, pois Eguns muitas vezes são seres um tanto ignorantes, buscam estar próximos a encarnados, principalmente a entes queridos no tempo em que esteve encarnado. Isso trás uma perturbação a esses encarnados, pelo assédio e a baixa vibração de energia desses desencarnados.

    Quando isso ocorre, esses Eguns devem ser esclarecidos e afastados, pois certamente irão trazer diversos dissabores a quem ele está próximo.

    Sabemos que diversas doutrinas se ocupam desse trabalho de busca de entendimento e encaminhamento desses Eguns, e assim fazer com que o desencarnado e o encarnado mantenham sua independência.

    Os Eguns são conhecidos também como vampirizadores, é incitador de vícios, ou seja, ele se energiza desses vícios, sendo assim ele induz  o encarnado a bebida alcoólica, ao fumo e a entorpecentes para sanar os seus próprios vícios, também induz aos encarnados a promiscuidade, levando-os a prostituição.


    Agora falaremos dos Kiumbas

    Os Kiumbas também são espíritos desencarnados, de baixa evolução, aliás mais baixa ainda do que as dos Eguns.

    Os Kiumbas tem as mesmas cargas dos Eguns, fazem tudo da mesma forma, vampirizam do mesmo jeito, tem o mesmo objetivo de atrapalhar a vida dos encarnados, porém tem um fato a mais, os Kiumbas se colocam como superiores aos Eguns, e por muitas vezes os Eguns não tem a compreensão do desencarne por indução dos Kiumbas, que os levam a desevolução ainda maior, fazendo desses Eguns seus escravos, literalmente.

    Os Kiumbas além de se energizar dos vícios, da promiscuidade e da vida não regrada dos encarnados, se energizam do sangue e da carne, ou seja, induzem aos encarnados a entregas e oferendas de orgânicos e assim se refaz energeticamente de uma forma grandiosa.

    Os Kiumbas também trazem desavenças as famílias, induzindo a brigas, desentendimentos, ironia, miséria, desamor, doenças, ódio e vários outros tipos de mazelas.

    Então resumindo os Kiumbas podem ser piores que os Eguns, e da mesma forma que os Eguns, devemos doutrinar, fazer entender e encaminhar esses seres trevosos chamados de Kiumbas.

    Agora falaremos um pouco dos Espíritos Zombeteiros

    Começaremos da mesma forma do que dissemos dos Eguns e dos Kiumbas, ou seja, os Zombeteiros também são espíritos desencarnados, que já tiveram encarnados e se perderam em sua falta de evolução, com seus vícios, maus sentimentos, promiscuidade, etc.

    E como os Eguns e os Kiumbas, os Zombeteiros tem a mesma condição de levar um encarnado a sentimentos tortuosos, a miséria, a doenças físicas e mentais, a tantos dissabores da vida que nem temos como enumerá-las. Mas além de tudo de ruim que um Zombeteiro possa fazer, tem algo que devemos dar extrema atenção, ficarmos atentos sem limites, pois é um fato que pode fazer com que um encarnado entre em desgraça completa. O Zombeteiro tem o poder de fingir, mentir, mistificar, se fazer passar por uma Entidade de Luz, e esse Zombeteiro se utiliza dos nomes das Entidades de Luz sem o menor receio, sem respeito algum, e literalmente tomando o lugar dessa Entidade de Luz na coroa de um médium.

    E por que isso é tão grave?

    É grave porque esse Zombeteiro está induzindo, a um ou vários consulentes, a fazerem caminhos errados dentro da espiritualidade, para que assim esse Zombeteiro se energize com esses erros.

    Médiuns não desenvolvidos, tomados por vaidade, pela falta de caridade, pelo desamor com a Umbanda, pela falta de responsabilidade com as pessoas que buscam auxílio, se tornam armas nas mãos desses Zombeteiros, pois eles tomam a coroa desse médium, utilizam os nomes de Entidades de Luz, induzem a consulentes a fazerem oferendas sem sentido lógico, se demonstram propicios a fazer trabalhos não aceitos dentro da Umbanda, como amarrações amorosas, fechamentos de caminhos, destruição de famílias e lares.

    Portanto devemos ficar muito atentos com essas colocações dentro de um terreiro de Umbanda, pois se sabemos que a religião é voltada ao amor e a caridade, não devemos acreditar em médiuns que aceitam esses tipos de pedidos, devemos literalmente desconfiar, não nos entregar a essa indução, e nos afastar, pois certamente após esses Zombeteiros tomarem sua confiança, irão tentar tomar sua alma, levando-os a desevolução profunda, podendo trazer todo tipo de males, como miséria, doenças, vícios, e até o suicídio, no qual é o objetivo maior  desses Zombeteiros, pois assim o encarnado se transforma em um Egum, e por consequência será escravizado por um Kiumba, e esse Kiumba irá buscar formas de energias para ele e para dividir com o Zombeteiro.

    Portanto uma coisa puxa a outra, então devemos ter o máximo de atenção com nossos pedidos, nossos sentimentos, nossos passos, e atenção sempre redobrada quando vamos visitar um terreiro no qual não conhecemos profundamente as intenções de seus médiuns.

    Então atenção sempre aos detalhes, as mudanças de personalidade e as más intenções.


    Que Pai Oxalá, todos os Orixás e todas as Entidades de Luz nos afastem dos Eguns, Kiumbas e Zombeteiros.

    Que assim seja!

Resultado de imagem para espirítos obsessores

Carlos de Ogum

35 comentários:

Aninha de Iemanjá disse...

Meu Padrinho como sempre nos trazendo texto explicativos e de grande valia.

Que Deus/Zambi, nossos amados Anjos de Guarda e Orixás, assim também nossas amadas Entidades de Luz, nos ajudem a sempre manter longe esses espíritos ignorantes, levando-os para o caminho que devem seguir.
Que assim seja!

Unknown disse...

Pai Carlos, existe alguma forma de um médium que esta em desenvolvimento mediúnico saber se aquele espírito que está incorporado durante a gira é um espírito negativo? Por exemplo: sensaçoes físicas na hora ou após a incorporação?

Clarinha disse...

Nossa paizinho deu até medo. Só em saber desses espíritos sem luz me
da arrepios. Ainda bem que tenho você para me direcionar e me proteger.
Adorei mais esse texto. Beijinhos da Clarinha <3

Lorena Ferreira disse...

Muita lição em um só texto, parabens pelo alerta.

Karina Souza disse...

Devemos ser muito mais espertos e não deixar que esses espiritos ruins
se aproveitem da gente. Axé.

Anônimo disse...

Uma aula mega importante. Adorei.
Uma aula mega importante. Adorei.

Ju a linda flor disse...

Credo em cruz. Preciso muito da Umbanda para me defender desses
coisinhas estranhas.

Zuzu Gatinha disse...

Medooo desses obsessores. Salve a nossa proteção.

Hamelin Raffard disse...

Que Oxalá nos proteja sempre desses espiritos trevosos.

Helena Gaspar disse...

Ruim demais saber que estamos a merce desses espiritos sem luz. Só
mesmo muita fé para nos proteger.

Graça Maria disse...

Devemos rezar toda hora para nos livrar desses obsessores. Salve a
oração.

Fabiana Oliveira disse...

Muito dificil conviver com esses espiritos, devemos nos mudar
internamente para viver melhor.

Dalila Romas disse...

Tenho muito receio de entrar em vicios de sentimento pois esses kiumbas
quase acabaram com minha vida. Foi na Umbanda que me livrei deles.

Samantha Fonseca disse...

Uma aula sobre espiritos trevosos que tanto devemos reconhecer. Parabens e
muito muito obrrigada.

Carlos de Ogum disse...

Caro(a) anônimo(a), o médium consciente deve tomar extremo cuidado com o tipo de orientação que vai dar ao consulente, pois quando o médium dá uma abertura à um espírito sem luz, normalmente o receituário dado ao consulente se refere a várias coisas fora das regras da Umbanda, como por exemplo certas oferendas. Deve-se observar o fato de dores no corpo, principalmente cefaléia ao findar uma gira; observar também sobre o uso de bebidas alcoólicas em excesso. Frisando que o médium pode dar aberturas sim, porém em uma casa que tenha o acentamento correto, o firmamento bem feito e um Zelador preparado para fazer um bom desenvolvimento com esse médium, certamente essas aberturas não serão dadas.

Axé!

Pedro Filho disse...

Obrigado pelo texto explicativo. Muito bom para nosso conhecimento.

Debora Dias disse...

Estranhamente tenho uma boa percepção sobre esses maus espíritos. Talvez
seja alguma intuição, mas com toda a certeza esse texto me esclareceu
muitas coisas ainda pendentes. Agradeço intensamente. Axé.

Roseli Dias disse...

Sempre me falaram que o tal Kiumba é o proprio demonio, fiquei surpresa de saber que é um espirito desencarnado. Obrigado pelo esclarecimento. Muito bom texto

Tiago Couto disse...

Explicativo e de muita sabedoria. Um texto a ser guardado por todos umbandistas.

Telma Sirqueira disse...

Tenho muito medo de Zombeteiros, pois um desses quase me colocou em maus lençois. Estava ele na coroa de um medium mal preparado e se utilizando o nome de uma Entidade, me mandou fazer varias coisas sem nexo algum, e quando vi que era muita coisa e tudomuito estranho, agradeci, sai do terreiro e mandei e-mail a Pai Carlos, que me esclareceu tantas coisas, friso que fui la com uma amiga e esse medium com o zombeteiro passou a mesma coisa pra ela, ela nao quis me ouvir e nem seguir as recomendações dadas por pai Carlos, e fez o que foi mandado pelo zombeteiro, resumindo ela ficou quase louca, deprimida, perdeu a paz e o emocional, e ai correu pra tentar uma consulta com Pai Carlos, e ele calmamente explicou tudo e que deveria ser feito, foram 3 meses de orações e correntes, mas graças a Deus e as Entidades da Umbanda ela melhorou, encontramos o medium em outra casa, e saimos de la correndo. rsrsrs. Medo de Zombeteiros e médiuns fajutos.

Pietra Meneses disse...

Saber diferenciar esses treiosos é muito importante, principalmente
sabendo que os Zombeteiros se fingem de entidades.

Isabela Rochedo Dias disse...

Salve a proteção da Umbanda e de suas Entidades de Luz a nós que
estamos sendo tão induzidos e obsediados por esses espíritos sem luz.
Amém.

Agatha Dias disse...

Só peço muita luz e força das Entidades para livrar a mim e a minha
familia desses obbsessores.

Anônimo disse...

Saravá pai, creio estar sendo vitima desses espiritos sem luz, gostaria
de conversar mais consigo, creio que terei muita ajuda nesse fato.
Pediria a gentileza de enviar seu numero de cel para que possa entrar em
contato. Claudia Maria.

Xayena disse...

Que a força dos Exus e de todas as Entidades de Luz façam esses
obsessores se afastar de nós. Para que assim possamos viver em paz e
felizes.

Anônimo disse...

Sensacional ensinamento. A luz de Ogum a ti

Miriam Monteiro disse...

Salve Pai Carlos fiquei chocada agora, no terreiro que eu frenquentava a mãe de lá disse que isso era so imaginação, como pode estar em frente a uma casa de umbanda se nada entende né. Agradeço muito todas as suas lilções e assim me deixa mais alerta as pessoas sem entendimento. Obrigada

Anônimo disse...

Estoy sorprendida con tanta cosa mal que camina por esa tierra.
Quiero ir a Brasil a conocer a un padre Carlos personalmente.
Para mí es mucha luz y caridad.
Pido a Dios que nos libre de esos obsesores sin luz sin amor y retira
nuestra paz.
Me encanta este maravilloso escritor que conoce mucho de espiritualidad.
Padre carlos muchos besos y quédese siempre con nosotros.

guilherme Amora disse...

Adorei entender mais sobre esse assunto. Salve a limpeza e descarrego
que nos livram desse mal.

Analice Peres disse...

Uma verdadeira aula. Adoro esse professor. ;)

Anônimo disse...

Parabens por tantos esclarecimentos importantes. Axé e obrigado.

Roosa de Xangô disse...

Que a luz da umbanda nos livre desses kiumbas eguns e zombeteiros.
Amém.

Laura Andrada disse...

Depois que esses bichos da escuridao nos pega a melhor coisa e clamar
a Deus e as Entidades da Umbanda para retirá-los. Horrivel ter que
conviver com eles.

Patricia Goveia disse...

Muita liçao embutinda nesse texto. Só aprendendo coisas novas com Pai
Carlos. Axé.

Padilha Simone disse...

Que a luz de Zambi nos mostr caminhos para ficar longe desses
obsessores. Que as Entidades de limpeza nos ajudem sempre.

Postar um comentário

 
;