terça-feira, 10 de outubro de 2017

A Cremação na visão da Umbanda

              

    Antes de começarmos a falar sobre a Cremação na visão da Umbanda, devemos explicar o que seria a cremação em si. Pois bem, vamos lá.

    A cremação é o ato de incineração, ou seja, da queima, até reduzir a cinzas o corpo físico de uma pessoa desencarnada.

    Essa incineração é executada através de um grandioso forno que tem altíssima temperatura.

    Dentro das leis humanas, para que haja a cremação de um corpo é necessário que se aguarde além da fase da catalepsia (estado de passividade e rigidez muscular), onde parece que a pessoa está morta, mas na realidade não está e por esse motivo deve-se aguardar o tempo necessário para que seja feita a cremação.

    Dentro da visão umbandista a CREMAÇÃO é um procedimento dos mais condizentes dentro do plano espiritual, pois é na verdade a purificação do corpo e do espírito.

    Do corpo, pois através desse ato, o espírito se desliga inteiramente da matéria, não retornando mais ao local de origem. Além do que o processo crematório é muito mais limpo do que o tradicional, pois neste caso o corpo fica apodrecendo nas campas do Cemitério, o que não ocorre na CREMAÇÃO.

    É recomendado aguardar o mínimo de 72 horas antes da cremação de um desencarnado, pois é dentro desse período de tempo que o perispírito, ou seja, o espírito daquela pessoa que desencarnou se desprenda da matéria e seja encaminhada para o astral.

    Não se tem conhecimento que alguma religião seja contra o processo de CREMAÇÃO. A princípio todas as religiões praticam esse processo, caso seja a vontade da pessoa antes do desencarne. Portanto, nada impede ao Umbandista de solicitar o processo crematório antes de sua passagem para o plano espiritual.

    Portanto, a cremação é aceita dentro da Umbanda, porém como já foi dito devemos respeitar às 72 horas de desprendimento de espírito/corpo.

    Dentro da biologia humana, estudiosos dizem que quando a pessoa morre, o cérebro demora até 32 horas pra "apagar" seus últimos neurônios. Já as células da pele ainda se dividem por 24 horas. Com essa colocação, é provável que seja nisso que a Umbanda se baseia pela espera de 72 horas após o desencarne para ser feita a cremação.

    O grandioso Mentor e irmão de Luz Emmanuel, no livro O Consolador, psicografado por Chico Xavier, quando lhe perguntam se o Espírito desencarnado pode sofrer com a cremação dos elementos cadavéricos, a resposta é a seguinte:

"Na cremação, faz-se mister exercer a caridade com os cadáveres, procrastinando por mais horas o ato de destruição das vísceras materiais, pois, de certo modo, existem sempre muitos ecos de sensibilidade entre o espírito desencarnado e o corpo onde se extinguiu o tônus vital, nas primeiras horas seqüentes ao desenlace, em vista dos fluidos orgânicos que ainda solicitam a alma para as sensações da existência material."

    Chico Xavier, ao ser indagado no programa Pinga Fogo quanto à cremação de corpos que seria implantada no Brasil, respondeu: "Já ouvimos Emmanuel a esse respeito, e ele diz que a cremação é legítima para todos aqueles que a desejem, desde que haja um período de, pelo menos, 72 horas de expectação para a ocorrência em qualquer forno crematório, o que poderá se verificar com o depósito de despojos humanos em ambiente frio."

    Devemos entender uma coisa básica, não somos corpos com espíritos dentro, somos espíritos eternos, temporariamente dentro de um corpo físico, e temos o objetivo de evoluir, tanto moralmente quanto intelectualmente. E quando esse corpo físico se deteriora, a normalidade é que esse espírito o deixe, retornando a pátria espiritual, e assim que possível voltar a um novo corpo físico, para que assim dê continuidade a novas experiências no planeta, novas oportunidades de evolução, bem como terminar aquilo que por ventura não conseguiu na existência carnal anterior.

    Sabendo disso, podemos imaginar que o corpo físico é como uma peça de roupa que adquirimos, pela sua qualidade e pelo nosso gosto, e devemos fazer o máximo para preservá-lo, e assim que essa peça dure o maior número de dias possíveis. E claro que quando essa peça de roupa se deteriora, vamos substituí-la por outra em melhores condições. E assim é o corpo físico, a roupagem que o espírito se utiliza para viver nesse planeta. E nesse sentido, quando o espírito se afasta se desprendendo do corpo físico, deixa de ser importante a finalidade que lhe é atribuída, portanto se é cremado ou mesmo enterrado, as razões prós e contras são mais de ordem social do que espiritual. Portanto se a cremação for decidida pela pessoa antes de seu desencarne, ou pela família por tradições, só é recomendado aguardar às 72 horas para o total desprendimento do perispírito do corpo físico.

    Muitas dúvidas teremos quanto à cremação, porém devemos refletir que o espírito de um corpo cremado, poderá sofrer tanto quanto a de um espírito de um corpo sepultado, sendo esse espírito apegado ao material, a matéria em si. Só que isso independe da cremação ou do sepultamento, e sim da maneira que esse espírito viveu sobre a terra dos encarnados, com suas vaidades, suas ganâncias, seus vícios, ou seja, para um espírito não sofrer ao desencarnar, devemos melhor como pessoas, sermos desapegados a matéria, sermos caridosos, enfim, sermos verdadeiramente umbandistas.

Reflitam!


Carlos de Ogum

32 comentários:

Mary disse...

Há muito tempo procurava por esse tema, de acordo com a visão da Umbanda.
Irei refletir muito sobre esse texto tão esclarecedor. Obrigada e parabéns!

Fernanda Prates disse...

Sempre tive essa curiosidade, muito esclarecedor.

Karen de Paula disse...

Salve os ensinamentos de luz que você nos passa pai Carlos de Ogum.
Salve sua coroa.

Erika lima disse...

Ja acompanhei algumas cremaçoes na minha familia, e nunca esperaram o
tempo necessario. Fiquei assustada agora. Axé

Anônimo disse...

Excelente explicação. Axé

Rosa de Iansã disse...

Muito interessante esse texto. Eu gostaria de ser cremada, mas no
Brasil fica impossivel uma pessoa comum ser. Extremamente caro.

Anônimo disse...

Bela aula, gostei da ideia da cremação.

Anônimo disse...

Muito bom gostei bastante.

Anônimo disse...

Bom texto adorei

Dudinha disse...

Quero ser cremada e ser guardada em uma quartinha na sala aqui de
casa.

Rosely Lima disse...

Pena que ninguem respeita de verdade as regras da espiritualidade.
Morreu a pessoa ja quer cremar em 24 horas.

Anônimo disse...

Fico com um tantim de medo sobre esse assunto. Alias tenho muito medo
da morte.

Maria Clara Santos disse...

Esclarecedor demais seu texto pai. Devemos sim respeitar o tempo da
espiritualidade.

Anônimo disse...

Salve a Umbanda. Quero ser cremada. Esse texto mostra muita coisa.
Sarává

Nubia Gatinha disse...

Minha avó foi cremada ano passado, meu tio que é espirita brigou até
conseguir deixar o velorio da minha avó ser feito por 72 horas, e só
depois autorizou a cremação, na epoca nao entendi bem, mas agora vejo
que tinha sentido.

Patricia Neves disse...


Texto maravilhoso e muito explicativo.Parabéns pai Carlos de Ogum, por mais um texto tão esclarecedor.
Axé!

Tania Marinho disse...

Muito boa essa lição pai Carlos. Gostaria de ser cremada também.

Juliana Andrade disse...

Se eu fosse cremada queria que minhas cinzas fossem jogadas no mar.
Acho muito legal

Pedro Couto disse...

Parabéns. Seu texto me esclareceu muitas duvidas. Axé

Anônimo disse...

Mais uma lição de espiritualidade. Saravá
14 Um post que nos ensina muita coisa. Apesar de eu não querer ser
cremada, mas sempre é bom entender.

Anônimo disse...

Saravá pai. Bom texto

Karen de Paula disse...

Bença pai. Gostei muito de entender sobre cremação. Obrigado.

Andressa Amorim disse...

Muiiiiiiito bom. Aprendi mais uma com Pai Carlos. Sou fã

Marcos Padilha disse...

Parabens pelo esclarecimento achei um texto de muita utilidade.
Obrigado.

Edna Campos disse...

Esperava um texto assim a tempos. Tirou muitas duvidas minha. Saravá

Haroldo Marques disse...

Ótimo texto. Parabéns e muito axé

Aninha de Iemanjá disse...

Texto maravilhosamente explicativo, padrinho. Desejo, ao desencarnar, ser cremada. Espero que até lá o preço seja mais acessível, rsrsrs Axé!

Anônimo disse...

muito esclarecedor esse texto.

Anônimo disse...

Muito bem explicado. quero ser cremada e não sabia qual o tempo que se deveria esperar. grata

Franklin Paolotti disse...

Bom dia e muito obrigado pela matéria! Esclarecedora.
E Compartilho a mesma opinião. E para o meio ambiente e planeta, a cremação, é benéfica.

Grande abraço!
--
Franklin

Anônimo disse...

Muito boa essa liçao, apesar de estar distante a cremação com mossa realidade. Saravá

Anônimo disse...

Boa explicação. Axé

Postar um comentário

 
;